Mulheres já são 25% dos consumidores de blindagem automotiva

á não é novidade alguma ver mulheres participando de atividades ou compartilhando mercados que anos atrás eram considerados estritamente masculinos. Isso acontece nos mais diversos segmentos, inclusive no universo automobilístico, onde a presença feminina tem sido cada vez mais forte, especialmente em um nicho diferenciado, o da blindagem automotiva. De acordo com a Associação Brasileira de Blindagem (ABRABLIN), 25% dos consumidores desse tipo de proteção eram mulheres no primeiro semestre de 2009. Dados finais do ano passado devem sair em abril.

“Quando a blindagem automotiva começou a ganhar força no país, apenas grandes executivos e autoridades a buscavam como forma de proteção. O aumento da violência e da sensação de insegurança, somado à ousadia cada vez maior dos bandidos, porém, abriu os olhos desse público que já consumia a blindagem. Já não bastava a autoproteção. Era preciso proteger esposa, filhas e filhos. A partir de então, as mulheres passaram a marcar presença no segmento”, explica Christian Conde, presidente da ABRABLIN.

Outro fator que explica a busca feminina pela blindagem automotiva é a conquista de espaços também antes dominados por homens. “Muitas alcançaram altos postos em grandes empresas ou tocaram com sucesso a sua própria empresa. Com o mesmo medo da violência dos altos executivos e grandes empresários, acabaram virando consumidoras de veículos blindados”, afirma Conde.

O levantamento realizado pela ABRABLIN revela que, do universo feminino que compõe o público consumidor de blindados, a maioria (32%) tem entre 30 e 39 anos. A faixa etária correspondida entre 40 e 49 anos representa 24%, seguida por jovens mulheres de 25 a 29 anos, que somam 20% do público.

Além do gênero e da faixa etária, a pesquisa indica também a profissão/ocupação do cliente de automóvel blindado. Do universo total (homens e mulheres), 80% são executivos/empresários. Artistas/cantores representam 6%; políticos, 5%; e juízes, 3%. Os 6% restantes são formados por pessoas de ocupações diversas.

Fonte: Portal da blindagem

Publicado na categoria: noticias | Com a tag , , , | Faça seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*