Durante assalto a condomínio de luxo no Morumbi, sete pessoas foram feitas reféns, diz polícia de SP

SÃO PAULO – Os assaltantes que invadiram um condomínio de luxo no Morumbi, em São Paulo, nesta quarta-feira, entraram e saíram sem serem vistos pelos seguranças. De acordo com a polícia, pelo menos sete pessoas foram feitas reféns durante a ação. O assalto foi comunicado à polícia por volta de 11 horas.

Por volta de 8 horas, três homens armados com pistola renderam a moradora da cobertura, no 23 andar de uma das três torres do condomínio, quando ela saiu no hall do apartamento. A mulher foi obrigada a entrar e toda a família foi dominada – o marido, os dois filhos pequenos e a empregada da casa. Um dos bandidos manteve o marido e a empregada reféns enquanto os outros dois assaltantes obrigaram a mulher e as duas crianças a descerem pela escada até o 5º andar. No trajeto, uma funcionária do condomínio fazia limpeza e também foi rendida.

O grupo foi obrigado a chamar o morador do 5º andar, que acabou rendido também. Todos os reféns foram reunidos e trancados num quarto da cobertura, enquanto o trio recolhia os pertences. A ação durou pelo menos duas horas e os bandidos fugiram, deixando os reféns trancados.

De acordo com a polícia, foram levados dólares e euros em quantia não revelada, dois notebooks e um Ipad, além de relógios. Uma sacola de joias chegou a ser preparada, mas acabou sendo deixada no local pelo trio.

– Por enquanto é um mistério para a polícia. Esperaremos as imagens do circuito interno para analisar como o trio chegou ao local e como fugiu. Temos informações de que os elevadores não têm câmeras de segurança. Foi feita varredura na região e não há indício de que o bando tenha pulado o muro. É bem provável que tenham entrado pelo único acesso de veículos do condomínio – disse o delegado Maurício José da Silva Pinto, plantonista do 89 º Distrito Policial.

O condomínio tem cerca elétrica e a guarita conta com câmeras de vigilância e serviço da empresa de segurança particular Haganá. Em nenhum momento a ação dos bandidos foi flagrada pelas pessoas que manipular o sistema de monitoramento por câmeras.

A polícia não sabe se os bandidos entraram na noite de terça ou na manhã desta quarta no condomínio. As câmeras da portaria podem ajudar os policiais a descobrir como os ladrões entraram. Eles teriam fugido em uma perua Santa Fé. Ninguém foi preso

Fonte: Globo – Extra

Publicado na categoria: noticias | Com a tag , , , , , | Faça seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*