Tracker relata que em 2011 Brasil registro queda em roubos e furtos de carros

Queda foi bastante significativa entre caminhões (25,6%), mas número de ocorrências envolvendo motos quase dobrou

O índice de roubo e furto de veículos no Brasil caiu 6,9% em 2011, comparado com o ano anterior. Os dados são da Tracker, maior empresa de rastreamento e localização de veículos do país. Entre janeiro e dezembro foram registradas 3.315 ocorrências envolvendo carros, caminhões, utilitários e motos. Já em 2010, esse número chegou a 3.562.

A queda mais significativa ficou por conta dos casos envolvendo caminhões, 25,6%. Veículos leves (carros) tiveram redução de 8,4%. Já os roubos e furtos de motos e utilitários cresceram 96,7% e 5,7%, respectivamente. “Os utilitários estão em alta no Brasil, muitas família trocaram seu carros por essa modalidade de veículo. Com um número maior de SUVs no mercado, cresceu também o índice de roubo e furto”, explica o diretor de Operações da Tracker, Carlos Alberto Betancur. A mesma explicação vale para as motocicletas, nos últimos cinco anos a quantidade de motos dobrou no Brasil.

Já no comparativo entre os três últimos meses do ano, a Tracker registrou uma queda ainda maior no número total de ocorrências, 17,5%. Em outubro, novembro e dezembro de 2011, foram registrados 755 eventos em todas as modalidades, contra 915 eventos no 4º trimestre de 2010.

Em onze anos de atividade no país, o Grupo Tracker já recuperou mais de 21 mil veículos, evitando um prejuízo de cerca de R$ 1,4 bilhão. Tem hoje mais de 350 mil clientes ativos e oferece produtos para todos os segmentos automotivos: Tracker Auto, Tracker Pick Up, Tracker Caminhão, Tracker Máquina, Tracker Moto e Tracker Log.

Fonte: Segs

Publicado na categoria: noticias | Com a tag , , , , , , , , | Faça seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*