SALÃO DO AUTOMÓVEL 2010 ABRE DIA 27 COM 450 MODELOS DE 42 MARCAS DE VEÍCULOS

Em coletiva de imprensa, na manhã desta quinta-feira (21/10), em São Paulo, a Reed Exhibitions Alcantara Machado apresentou os detalhes da organização da edição dos 50 anos do Salão do Automóvel, que abre ao público na próxima quarta-feira, dia 27 de outubro

As apresentações feitas durante a coletiva estão à disposição no link http://www.salaodoautomovel.com.br/Imprensa/Coletiva-de-Imprensa/

Durante a entrevista coletiva não faltaram homenagens ao idealizador do Salão do Automóvel, Caio de Alcântara Machado, e nem à parceria mantida com os fabricantes de automóveis, ao longo de todo esse tempo. Juan Pablo De Vera, presidente da Reed Exhibitions Alcântara Machado – organizadora e promotora do evento – falou aos profissionais da mídia do misto de “responsabilidade e orgulho pelo legado dos pioneiros desse evento”.

O convite para a grande festa do 26º SALÃO INTERNACIONAL DO AUTOMÓVEL – de 27 de outubro a 7 de novembro de 2010, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, na capital paulista, foi reforçado por De Vera ao lembrar que “trata-se da vitrine da indústria pronta para expor o que há atualmente de disponível em modelos e conceitos de automóveis no mundo”. Ou seja, a edição brasileira do Salão do Automóvel, segundo ele, está compatível com os similares internacionais.

O principal executivo do Salão lembrou o fato da indústria ter à mão a mais eficiente ferramenta de marketing, venda e negócios, sob medida para medir os anseios e a reação do visitante. Ao traçar o perfil do público que comparece ao evento, De Vera assinalou que além da mídia, especializada e geral e do apaixonado por carro, esse é um espaço de negócios para o qual também convergem empresas e instituições em geral, frotistas, concessionárias e locadoras de automóveis.

Valor para o turismo
Entre os cinco principais eventos de lazer da Cidade de São Paulo, o SALÃO DO AUTOMÓVEL evolui também no cenário turístico. A receita gerada para os cofres paulistanos pelo visitante do evento é estimada hoje em R$ 135 milhões, superior aos R$ 112 milhões do evento de 2008. Para Milton Longobardi, diretor de Marketing e Vendas da São Paulo Turismo, empresa que administra o turismo municipal, dois fatores explicam esse avanço: maior permanência do visitante para 2.7 dias, ante os 2.3 dias do ano de 2008 e 1.9 em 2006 e também o aumento no gasto médio durante o evento, que era de pouco mais de R$ 400,00 e hoje já chega aos R$ 500,00 no caso do visitante nacional e em proporção igual subiu o gasto médio do turista estrangeiro, situado hoje em R$ 1.200,00. Hospedagem e lazer são os principais destinos do dinheiro deixado pelo visitante em São Paulo, respectivamente 36% e 24% do total que ingressa na economia local.

Parceria social
Com o objetivo de endossar uma causa social que tem rendido frutos em prol da educação no País, a Reed Exhibitions Alcantara Machado renova a parceria com o Instituto Ayrton Senna (IAS). Para Irineu Villanoeva, gerente de Comunicação e Eventos do Instituto Ayrton Senna, o Salão é um evento competitivo e nada mais adequado do que mostrar a obra da entidade através dos feitos de um grande competidor, o consgrado piloto brasileiro. Para interagir com o público, no estande do IAS estarão expostas as duas Lótus – preta e amarela, que lembram as vitórias de Senna e o público ainda poderá “reavivar a emoção e renovar o sentimento coletivo em relação ao ídolo”, segundo ele, com a exibição de trailler do filme que chega ao circuito nacional, no dia 12 de novembro próximo, que trata da trajetória do campeão da Fórmula 1.

As tendências
Aliado ao bom momento da indústria de automóveis no País, que projeta investir US$ 11,2 bilhões, no triênio 2010-2012 (segundo a ANFAVEA – Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), no aumento da capacidade de produção, inovação tecnológica, processos e novos produtos, o SALÃO vislumbra as melhores perspectivas de negócios, na grande vitrine montada no Pavilhão do Anhembi.

Quanto às tendências, conforme sinalizado pelo conjunto dos fabricantes, o mega evento reserva modelos compactos, mais econômicos em consumo de combustíveis; dotados de ampla gama de itens de segurança; produtos com crescente participação de componentes eletrônicos, capazes de assegurar maior conforto e funcionalidade ao ato de dirigir e transportar-se por automóvel. Também na esteira das tendências, o SALÃO deste ano reserva espaço para produtos multicombustíveis e cada vez mais amigos do ambiente.

Ao todo serão 42 diferentes marcas, entre nacionais e importadas. Os olhares de aficcionados e admiradores terão como alvo 450 modelos de veículos (40% dos quais novidades), em um cenário no qual lançamentos e muita adrenalina se encontram em 85 mil metros quadrados reservados para a exposição.

Repercussão internacional
Desde a edição de 2008, o SALÃO DO AUTOMÓVEL compõe o calendário oficial da OICA (Organização Internacional de Fabricantes de Veículos Automotores). Com isso o evento, sediado na capital paulista, conquistou maior visibilidade entre os salões similares do setor no mundo.

Quem apoia
O SALÃO INTERNACIONAL DO AUTOMÓVEL conta com o patrocínio da ANFAVEA (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), co-patrocínio da ABEIVA (Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos Automotores) e o apoio do SINDIPEÇAS (Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores).

Fonte: Crossbrasil

Publicado na categoria: noticias | Com a tag , , , | Faça seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*