Na região do ABCD roubo de carros aumentam 11,5%

Dados da secretaria de Segurança Pública do estado apontam o crescimento dessa modalidade de crime

A Polícia Militar no ABCD irá anunciar em fevereiro uma estratégia de combate aos roubos e furtos de veículos na região. A informação é do comandante do CPA-M6 (Comando de Policiamento de Área Metropolitano 6), coronel Roberval França.

Enquanto os homicídios caíram 14,39% nas sete cidades (de 285 para 244 casos), dados da secretaria de Segurança Pública do estado apontam que no ano passado o número de veículos roubados no ABCD cresceu 11,5 % em relação a 2010. Foram 11.251 casos ante os 10.090 de dois anos atrás.

Só em Ribeirão Pires, a escalada foi de 55,8%.“Nos últimos anos, nós tivemos uma estratégia focada no combate aos homicídios, com mapeamento de locais com maior incidência e motivação. E com isso, tivemos um êxito bastante grande.
Agora, uma das nossas principais preocupações são os roubos e furtos de veículos. Deverá ser o nosso foco de trabalho a partir de agora”, comentou o coronel.

Dificuldade

Segundo França, a região possui características que facilitaram o crescimento do problema. “As cidades do ABCD fazem limite com as zonas Sul e Leste da Capital. Além disso, estamos próximos a duas grandes rodovias. Houve ainda um crescimento bastante grande da frota, que não foi acompanhado pela oferta de vagas de estacionamento. Isso favorece esse tipo de crime”.

De acordo com o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), em dez anos, 663 mil veículos ganharam as ruas da região, crescimento de 86% da frota, hoje em 1,4 milhão de automóveis. No mesmo período, a frota da Capital variou 64%.

Por cidade

São Caetano e Diadema foram as únicas cidades em que houve redução no número de roubos. Em 2011, foram 755 veículos roubados, 28,1 menos que em 2010. Em Diadema, foram 1,45% menores que há dois anos: 2.174 automóveis.

Furto de veículos também teve crescimento no ABCD: 1,45%

Homicídios
Diadema foi o município da região que conseguiu o melhor resultado no combate aos homicídios. Se em 2010 foram 81 casos, no ano passado foram registrados 35 ocorrências do tipo. Queda de 56,79%. Em Mauá, por sua vez, houve crescimento nas mortes violentas: 39,39%. Passou de 33 para 46 ocorrências.

Furtos
Esse tipo de crime apresentou crescimento nas principais cidades do ABCD. Santo André foi o município em que os furtos mais cresceram. Foram registradas no ano passado 1.515 ocorrências a mais que em 2010. Em São Caetano, o aumento foi de 10,86%, saltando de 1.731 para 1.919 furtos.

Fonte: Rede Bom Dia

Publicado na categoria: noticias | Com a tag , , , , , , , | Faça seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*