Lotéricas investindo em segurança, blindagem frusta assaltos

Alvo frequente de assaltos, lotéricas investem cada vez mais em segurança. Depois das câmeras de vídeo e monitoramento, agora empresários começam a blindar os estabelecimentos para tentar evitar roubos.

Em Marília, a primeira com o reforço anti-roubo, também aplicado em veículos, fica localizada na Avenida Sampaio Vidal, no centro. O valor do investimento não foi divulgado.

O modelo separa clientes e funcionários que se comunicam apenas através de pequenos furos no vidro, tão pequenos que impedem até a passagem de projéteis de arma de fogo. Abertura onde documentos e dinheiro são trocados também é estreito e evita contato direto.

“Varia muito do tamanho da lotérica, mas uma boa blindagem pode chegar a R$ 20 mi, R$ 30 mil”, disse Sueli Falcão, presidente do conselho regional do Sindicato dos Lotéricos.

Ainda segundo Sueli, a Caixa Econômica Federal, responsável pelas lotéricas, oferece um incentivo financeiro para que estabelecimentos adotem o sistema de blindagem. Ela também preferiu não citar valores.

“Marília não é considerada de alta periculosidade quando o assunto são os assaltos a lotéricas, mas é uma tendência e deve ser adotada em várias outras. Sei que há estabelecimentos procurando o serviço”, disse Sueli.

E se a intenção é proporcionar mais segurança a medida foi aprovada pelos clientes. “A blindagem vai afastar os bandidos, pelo menos daqui”, disse a funcionária pública Delazir Pereira, 62.

O auxiliar de serviços gerais José Eribaldo Alves da Silva, 50, também aprovou o reforço na segurança. “Acho que todas as outras lotéricas deveriam ter. Gostei da medida”, opinou.

Segundo levantamento do Jornal Diário, lotéricas da cidade foram alvo de três assaltos este ano, nenhum deles na loja blindada. Em 2006, houve o caso mais grave quando duas pessoas foram assassinadas durante o roubo. Os dois criminosos foram presos.

Fonte: Diário de Marília

Publicado na categoria: noticias | Com a tag , , , , , | Faça seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*