Índices de criminalidade é reduzido no Interior por Política de Segurança

Rio – A redução dos índices de criminalidade, divulgados todos os meses pelo Instituto de Segurança Pública (ISP), também é realidade no interior fluminense. A Área Integrada de Segurança Pública (AISP) 29, em Itaperuna, é um exemplo. Composta pelo 29° Batalhão de Polícia Militar (BPM) e delegacias legais da região, a AISP cumpriu de janeiro a junho de 2011 as metas estabelecidas pela Secretaria de Segurança no Sistema de Metas e Acompanhamento de Resultados.

O comandante do 29° BPM, coronel James Barros, atribui a redução da criminalidade na AISP que inclui também os municípios de Laje do Muriaé, Porciúncula, Natividade, Varre-Sai, São José de Ubá, Bom Jesus de Itapaboana, Cardoso Moreira e Italva – à integração entre as polícias Civil e Militar.

Os policiais da AISP 29 ficaram em segundo lugar na terceira etapa do programa de metas, referente ao segundo semestre de 2010, e receberam gratificação no valor de R$ 2 mil.

“Nós alcançamos todos os objetivos de janeiro a junho deste ano. Neste semestre, não registramos roubo de veículos, contabilizamos apenas quatro roubos de rua e tivemos 13 casos de letalidade violenta. Depois da premiação, a tropa começou a trabalhar com muito mais empenho e nossa relação com a Polícia Civil está cada vez mais estreita, o que nos permite ter informações detalhadas sobre as operações realizadas na região”, disse o comandante.

Na pesquisa dos indicadores estratégicos de maio, as AISPs 26 (Petrópolis) e 30 (Sumidouro) também se destacaram. Em Petrópolis, foi registrado apenas um roubo de veículo – no mesmo período de 2010, foram 4. Os roubos de rua caíram de 19 para 9. Na área da AISP 30 não houve roubo de veículo em maio. No mesmo mês de 2010, um caso foi registrado. Os roubos de rua caíram de 7 para 4.

Registro de estupros aumenta no Estado

Apesar da redução nos índices no Estado, o registro de estupros e atentado violento ao pudor ( AVP) aumento na região. De acordo com os dados do ISP, em junho de 2010 foram registrados 347 casos. Já no mesmo mês de 2011, foram 395. Um aumento de 48 atentados em 12 meses.

Já no intervalo de abril a junho, o índice é ainda mais alarmante. O número de casos aumentou de 1029 para 1201. Um aumento de 172 casos de estupro e AVP em apenas dois meses.

Fonte: O Dia Online

Publicado na categoria: noticias | Com a tag , , , , , , | Faça seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*