Em SP quadrilha usava carros de luxo para roubar casas de bairros nobres

Trio suspeito foi preso na madrugada desta terça-feira (27). Segundo delegado, objetivo era não chamar a atenção nos assaltos.

Uma quadrilha suspeita de roubar veículos e residências em áreas nobres da Zona Sul de São Paulo, como os bairros do Brooklin, Moema e Campo Belo, utilizava carros de luxo nas ações criminosas para não chamar a atenção da polícia e nem das vítimas, segundo Eduardo de Camargo Lima, delegado titular do 96º Distrito Policial, em Cidade Monções.

Na madrugada desta terça-feira (27), três suspeitos, um de 18, um de 19 e outro de 24 anos, foram presos por policiais militares no cruzamento da Avenida Jornalista Roberto Marinho com a Rua Princesa Isabel. “Nós, das polícias Civil e Militar, já tínhamos conhecimento que alguns indivíduos vinham praticando roubos nesta região fazendo uso de um veículo Honda modelo civic”, disse o delegado.

Segundo ele, a participação do trio em pelo menos três roubos já foi confirmada graças ao reconhecimento por parte das vítimas. Os suspeitos teriam cometido o primeiro crime no dia 27 de novembro, data em que foi registrada o primeiro boletim de ocorrência que envolvia a participação de um veículo deste tipo.

“A especialidade deles é o roubo, seja de um transeunte na rua, de veículo ou de uma residência. Eles utilizavam este tipo de veículo para não chamar a atenção, mas costumam ser agressivos nas abordagens às vítimas”, relatou Lima.

De acordo com o delegado, a quadrilha costumava trocar de veículos nos roubos para cometer novos crimes. O roubo de um Honda Civic ainda depende de reconhecimento pela vítima, que está viajando, para também ser atribuído à quadrilha. “Fizemos contato com a vítima por telefone e ela nos relatou que ela foi abordada por dois rapazes que estavam em um (Xsara) Picasso. Eles levaram o carro e deixaram o Picasso com as portas abertas na avenida”, disse.

Com um dos suspeitos detidos, a polícia encontrou a chave do Honda. Depois de interrogá-los e de iniciar uma investigação, localizaram o veículo roubado, que tem placa de Diadema, no ABC. O veículo havia sido roubado na sexta-feira (23). “Mas tudo indica que anteriormente eles já tinham utilizado este mesmo tipo de modelo em outros crimes. Por enquanto, só conseguimos contato com estas vítimas, mas temos o registro de outros boletins de ocorrência citando este tipo de carro”, ressaltou Lima.

Além disso, a polícia tenta identificar um quarto suspeito de integrar a quadrilha. Ele teria participado do roubo já confirmado a uma residência, no qual os criminosos levaram todos os pertences dos moradores. Segundo o delegado, nenhum dos três tem passagem pela polícia.

Fonte: G1

Publicado na categoria: noticias | Com a tag , , , , , | Faça seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*