Em Campinas uma Casa é roubada a cada 80 minutos

SÃO PAULO – A cada 80 minutos, uma casa é roubada ou furtada em Campinas, cidade que é polo industrial e fica a 94 km da capital paulista. Os principais alvos dos ladrões são as regiões do distrito de Barão Geraldo, e a dos bairros Taquaral, São Bernardo e Ponte Preta. No bairro Ponte Preta, por exemplo, todas as casas de uma rua foram roubadas. Uma moradora que pediu para não ser identificada disse que a casa dela foi invadida três vezes.

– Na primeira vez foi o carro do meu filho. A segunda foi uma casa menor que tenho no fundo. Na terceira foi a casa da frente. A sensação é horrível – diz uma moradora.

Em Barão Geraldo, o medo toma conta dos moradores. Nos muros estão todos os tipos de proteção, como cercas elétricas, mas nem isso dá tranqüilidade. A Polícia Civil não tem estatísticas precisas sobre esses casos, mas um levantamento da produção da EPTV apurou que cerca de 20 furtos e roubos são registrados por dia nos 13 distritos policiais da cidade.

Segundo o delegado Marcelo Eduardo da Silveira, o número de furto está relacionado ao consumo de drogas.

– Eles furtam para sustentar o vício – afirmou.

Sobre assaltos, o policial disse que os ladrões escolhem casas da classe média e alta. Para evitá-los, o delegado disse que é necessário um policiamento ostensivo. A Polícia Militar está mapeando os casos de violência para fazer a segurança. Quarenta novos policiais vão trabalhar em Campinas, mas o prazo não foi divulgado.

Por causa da insegurança, o número de seguros para residências teve um aumento de 20% na cidade. Também cresceu, em 15%, o número de pessoas que precisaram acionar o seguro após casos de furto e roubo.

A EPTV fez um levantamento dos valores cobrados pelo seguro residencial. Para casas, o valor anual é de R$ 1.060,71. Para residências em condomínios fechados, o valor cai para R$ 902,33. Para os apartamentos, o gasto anual chega a R$ 349,64.

Fonte: O Globo

Publicado na categoria: noticias | Com a tag , , , , , , , | Faça seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*