Em Arapiraca carro roubado falta combustível e criminosos acabam presos

Um taxista identificado como Marcos José de Souza Pinto, 47 anos de idade, foi vítima da violência que castiga o estado de Alagoas, considerado o mais violento do país. Na madrugada deste sábado, 12 de maio, o trabalhador autônomo foi raptado e teve seu táxi, um Cobalt de cor branca e placa OHH-4891-AL, levado pelos criminosos.

O taxista foi deixado em um trecho da Rodovia Al/101 Sul, próximo ao município de Marechal Deodoro, distante 30 km da capital Maceió. Já o carro foi levado pelos três criminosos fortemente armados que participaram da ação.

Para sorte do taxista, o veículo estava na reserva, ou seja, com pouco combustível, e isso fez com que o carro parasse de andar há poucos metros do local onde o taxista tinha sido deixado pela quadrilha. Sem ter como abastecer o veículo, os criminosos abandonaram o carro e seguiram a pé pela Praia do Sobral.

A polícia foi acionada e ao chegar ao local conseguiu prender os criminosos que foram identificados como Tiago Santos de Almeida, 20, José Francisco dos Santos, 21, e um adolescente de 16 anos. Cada um dos indivíduos portava um revólver calibre 38.

Os jovens foram encaminhados para a Central de Polícia situada no bairro do Prado, em Maceió, local em que foram autuados em flagrante por sequestro e roubo. Já o menor seguiu para a Unidade de Internação Masculina, onde permanecerá à disposição da justiça.

Fonte: AquiAcontece

Publicado na categoria: noticias | Com a tag , , , , , , , , | Faça seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*