Blindagem Proteção Balística

Começa a se tornar comum ao meio urbano, a blindagem residencial que visa proteger o morador da onda de violência as grandes cidades.

Com medo da violência urbana a blindagem ultrapassa os limites dos veículos e chega até a casa dos assustados morados da cidade grande.

Quem tem procurado agora este tipo de serviço são os donos de casas e apartamentos em condomínios de alto padrão para reforçar a segurança. “Nosso trabalho tem sido de fazer com que esse ambientes passem despercebidos como se fossem comuns” afirma o arquiteto Frederico Carstens da Realiza Arquitetura.

OS CONDOMÍNIOS
O principal local para onde se tem buscado este tipo de proteção é nas guaritas, cujas paredes e portas recebem um revestimento de aço e depois é sobreposto o acabamento tradicional e as janelas são reforçadas com vidros especiais, deixando o ambiente bonito e sem sinais de blindagem. A sua aplicação pode ser feita em um imóvel em construção ou pronto, porque a estrutura arquitetônica é preservada.

O arquiteto da Realiza afirma também que “O número de empreendimentos blindados em Curitiba e no Paraná ainda é relativamente pequeno comparado aos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, mas já vem sofrendo um leve aumento”. Só na capital paulista é possível encontrar aproximadamente 4.500 edifícios comerciais e residenciais que já tenham algum tipo de proteção neste sentido. Implantar isto num condomínio deixa o seu custo mais acessível e, dependendo do que está em jogo pode se tornar até barato.

RESIDÊNCIAS RETIRADAS
Já no caso de residências isoladas o custo de instalação de ambiente blindado torna-se mais caro e trazer proteção apenas na portaria nem sempre traz a sensação de segurança. Nestes casos o recomendado é transformar um dos ambientes em uma espécie de refúgio. Implantar o sistema de forma que um quarto continue com um aspecto comum, mas com certos segredos além dos vidros, portas e paredes a prova de balas como uma conexão para um laptop interligada com o sistema de segurança da casa.

BLINDAGEM SIMPLES, CUSTO BAIXO
Antônio Gonçalves Jr., também da Realiza Arquitetura, diz para quem tiver um poder aquisitivo menor, existem portas blindadas com revestimento de madeira, parecendo uma porta simples. O ideal para estes casos é implanta-la num local estratégico como num corredor de acesso.

BUNKERS
Também conhecidas como “casamatas” os bunkers eram utilizados na época da 2° guerra e consistiam em uma construção fortificada em sua maioria de concreto e subterranea em algusn casos.

Frederico Carstens explica que esse conceito mudou e hoje determina “bunker” como um local especificamente isolado e blindado da casa em que o morador possa se refugiar em qualquer situação de perigo. O arquiteto exá e comida, além de um telefone (fixo ou celular), para ser usado na comunicação com a polícia ou serviço de apoio.

Esse tipo de construção é presente em casas de grande porte principalmente em locais mais afastados da cidade, podendo no entando também estar disponível em imóveis centrais.

A SEGURANÇA DE ALTO NÍVEL
A necessidade pela segurança é o que leva a blindagem ou construção de aposentos especiais em qualquer tipo de imóvel, o que antes era apenas utilizado em casos de guerra como os bunkers, começa a ser implementado na construção urbana, refletindo o desejo dos clientes e um fato a ser considerado nos projetos.

Fonte: cercaseletrificadas

Publicado na categoria: noticias | Com a tag , , , | Faça seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*