Blindagem de carro salva gestante

A blindagem do carro salvou a vida de uma mulher grávida de oito meses, ontem, durante uma tentativa de assalto na avenida Mascarenhas de Morais, na Imbiribeira. Foram efetuados seis tiros contra o vidro do veículo em que Elaine Cristina da Silva Costa, de 28 anos, estava quando foi abordada por dois homens em uma motocicleta. O marido dela, o contador José Laurentino de Brito Filho, de 38 anos, presenciou tudo. O casal havia retirado uma quantia estimada em R$ 60 mil de uma agência de banco na avenida Caxangá para realizar um depósito em um agência localizada na Imbiribeira.

José Laurentino se negou a entregar o dinheiro aos assaltantes e eles foram até o Honda Civic prateado em que a esposa dele estava, com outros R$ 20 mil. A ação criminosa foi impedida por um policial do 19° Batalhão de Polícia Militar que voltava do médico quando percebeu a estranha movimentação. Um assaltante levou um tiro na perna e o outro conseguiu fugir.

Nivaldo Santos Ferreira, de 22 anos, foi atendido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Imbiribeira e levado para a Delegacia de Roubos e Furtos, em Tejipió, onde foi autuado em flagrante por tentativa de roubo qualificado. Após o susto, o contador se disse aliviado e afirmou que, apesar do susto, a esposa e o bebê passam bem. “Depois que eu saí do carro, vi os dois homens se aproximarem e pedirem o dinheiro. Eu já estava distante, na porta da agência, e comecei a discutir com o assaltante à distância, dizendo que não iria dar nada. Ele começou a dar coronhada no carro que estava com a minha esposa dentro e depois descarregou a arma na direção dela. Por sorte, o carro é blindado”, lembrou.

Junto com Nivaldo, foi apreendido um revólver calibre 28 com quatro cartuchos intactos e duas deflagradas. De acordo com o comandante da 2ª Companhia do 19° BPM, capitão Roberto Galindo, ainda não se sabe de onde partiram os disparos contra Elaine. “Existe a possibilidade dele ter recarregado o revólver e do comparsa dele ter efetuado os disparos”, observou. O outro homem, identificado apenas como Flávio Mago, continua sendo investigado pela polícia.

Ainda de acordo com o capitão Roberto Galindo, a polícia investiga o envolvimento dele em outros assaltos conhecido como “saída de banco”. “Nós recebemos a informação de que eles já estavam circulando no bairro de Boa Viagem e, depois, tentaram assaltar o Honda Civic, na Imbiribeira. A polícia conseguiu deter um suspeito, mas continua à procura do comparsa dele”, frisou.

Após a tentativa de assalto restaram as marcas de tiro no vidro de uma loja de carros vizinha à agência de banco e nos veículos estacionados nas redondezas. Uma aposentada de 54 anos estava estacionando o veículo em uma loja situada nas proximidades do banco quando ouviu os tiros e desceu rapidamente do veículo. “Foi muito rápido. Eu apenas ouvi os tiros e vi um motoqueiro de camisa listrada. Quando voltei no meu carro, estavam as marcas de tiros. Acho que posso dizer que nasci de novo”, desabafou.

Fonte: FolhaPE

A blindagem do carro salvou a vida de uma mulher grávida de oito meses, ontem, durante uma tentativa de assalto na avenida Mascarenhas de Morais, na Imbiribeira. Foram efetuados seis tiros contra o vidro do veículo em que Elaine Cristina da Silva Costa, de 28 anos, estava quando foi abordada por dois homens em uma motocicleta. O marido dela, o contador José Laurentino de Brito Filho, de 38 anos, presenciou tudo. O casal havia retirado uma quantia estimada em R$ 60 mil de uma agência de banco na avenida Caxangá para realizar um depósito em um agência localizada na Imbiribeira.
José Laurentino se negou a entregar o dinheiro aos assaltantes e eles foram até o Honda Civic prateado em que a esposa dele estava, com outros R$ 20 mil. A ação criminosa foi impedida por um policial do 19° Batalhão de Polícia Militar que voltava do médico quando percebeu a estranha movimentação. Um assaltante levou um tiro na perna e o outro conseguiu fugir.

Nivaldo Santos Ferreira, de 22 anos, foi atendido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Imbiribeira e levado para a Delegacia de Roubos e Furtos, em Tejipió, onde foi autuado em flagrante por tentativa de roubo qualificado. Após o susto, o contador se disse aliviado e afirmou que, apesar do susto, a esposa e o bebê passam bem. “Depois que eu saí do carro, vi os dois homens se aproximarem e pedirem o dinheiro. Eu já estava distante, na porta da agência, e comecei a discutir com o assaltante à distância, dizendo que não iria dar nada. Ele começou a dar coronhada no carro que estava com a minha esposa dentro e depois descarregou a arma na direção dela. Por sorte, o carro é blindado”, lembrou.

Junto com Nivaldo, foi apreendido um revólver calibre 28 com quatro cartuchos intactos e duas deflagradas. De acordo com o comandante da 2ª Companhia do 19° BPM, capitão Roberto Galindo, ainda não se sabe de onde partiram os disparos contra Elaine. “Existe a possibilidade dele ter recarregado o revólver e do comparsa dele ter efetuado os disparos”, observou. O outro homem, identificado apenas como Flávio Mago, continua sendo investigado pela polícia.

Ainda de acordo com o capitão Roberto Galindo, a polícia investiga o envolvimento dele em outros assaltos conhecido como “saída de banco”. “Nós recebemos a informação de que eles já estavam circulando no bairro de Boa Viagem e, depois, tentaram assaltar o Honda Civic, na Imbiribeira. A polícia conseguiu deter um suspeito, mas continua à procura do comparsa dele”, frisou.

Após a tentativa de assalto restaram as marcas de tiro no vidro de uma loja de carros vizinha à agência de banco e nos veículos estacionados nas redondezas. Uma aposentada de 54 anos estava estacionando o veículo em uma loja situada nas proximidades do banco quando ouviu os tiros e desceu rapidamente do veículo. “Foi muito rápido. Eu apenas ouvi os tiros e vi um motoqueiro de camisa listrada. Quando voltei no meu carro, estavam as marcas de tiros. Acho que posso dizer que nasci de novo”, desabafou.

Publicado na categoria: noticias | Com a tag , , , | Faça seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*