Assaltos a banco mataram 23 pessoas em 2010, segundo Contraf-CUT

São Paulo – Em 2010, 23 pessoas foram mortas em assaltos a banco em todo o país, segundo pesquisa feita pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT). Entre as vítimas, oito eram vigilantes, dois policiais e um bancário.

São Paulo lidera a lista dos estados, com cinco casos. Depois aparecem Paraná, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro com três casos cada, seguidos por Pará, Pernambuco, Minas Gerais, dois cada. Bahia, Maranhão e Distrito Federal têm uma ocorrência cada.

Para o diretor da Contraf e coordenador do Coletivo Nacional de Segurança Bancárias, Ademir Wiederkehr, a média de quase duas mortes por mês é preocupante. “A estatística comprova o descaso e a escassez de investimentos dos bancos em medidas e equipamentos de prevenção contra assaltos e sequestros, bem como revela a precariedade da segurança pública diante da falta de mais policiais e viaturas nas ruas e ações de inteligência para evitar ações criminosas”, afirmou.

Do total dos assassinatos, dez foram de vítimas da “saidinha de banco”, quando o cliente é abordado pelos criminosos logo após sacar dinheiro no caixa. O caso mais recente é do soldado do 12º BPM Antônio José de Souza, 46 anos, que foi assassinado a tiros por um motociclista em dezembro na saída de uma agência em São Gonçalo (RJ).

Wiederkehr acredita que são necessárias ações de segurança mais eficientes. “Os estabelecimentos não podem ser vulneráveis, senão expõem ao riso a vida de bancários, vigilantes, clientes e usuários, além de transeuntes e outras pessoas que acabam sendo vítimas de quadrilhas cada vez mais atrevidas e aparelhadas, inclusive com explosivos”, alerta.

Entre as medidas preventivas, segundo o diretor, está dificultar a visualização de terceiros nas operações feitas pelos clientes. ” É necessária a instalação de divisórias individualizadas e biombos entre a fila de espera e os caixas, além de portas de segurança com detectores de metais, câmeras de filmagem com monitoramento em tempo real e vidros blindados nas fachadas”, pontuou.

Fonte: RedeBrasil

Publicado na categoria: noticias | Com a tag , , , , , , | Faça seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*